Blog

Você sabe ao certo o que é Fisco?

o-que-e-fisco

Apenas quem possui firma aberta, comercializa produtos e serviços conhece a enorme quantidade de impostos a serem ao longo do ano. É importante se aprofundar um pouco mais, pois do contrário, sua empresa corre o risco de não atender adequadamente as obrigações perante o fisco.

Certamente você já ouviu incontáveis vezes esse termo, não é mesmo? Apesar da ideia de que representa apenas impostos e mais impostos, saiba que o assunto pode ser complexo e demanda sua atenção.

Sempre vemos histórias de empreendedores que costumam pagar impostos indevidos, quando na verdade nem estão enquadrados de forma correta. Outra situação corriqueira é deixar de aproveitar a isenção fiscal em alguns cenários, o que representaria economia.

Se isso chamou sua atenção continue a leitura e descubra de forma esclarecida o que é fisco, conheça os principais impostos e mais, saiba como sua empresa pode ser beneficiar do enquadramento correto. Vamos prosseguir?

Você já ouviu falar, mas sabe o que significa fisco?

Quando se fala em fisco muitos empreendedores até estremecem, pois sabem que não estão adequados como deveriam. Isso pode gerar certo receio quanto ao significado desse importante conceito no mundo tributário.

De forma simples, a expressão “Fisco” está intimamente relacionada a mais alta competência tributária do Brasil. Seu principal objetivo é implementar um controle, ao passo que fiscaliza o cumprimento rígido de toda a legislação tributária vigente no país.

Mas não se trata apenas de impostos não, pois essa autoridade, além de regular a esfera federal, é responsável pela fiscalização das esferas estaduais e municipais. Todo o recolhimento deve ser fiscalizado e comprovado em ambiente federal.

Conheça os principais tributos federais, estaduais e municipais

o que é fisco

Separamos as informações sobre os impostos e algumas especificidades sobre cada uma das esferas: tributos federais, estaduais e municipais. Veja a seguir!

Tributos federais e o fisco

Assim como mencionado, o Fisco Federal é a maior autoridade na fiscalização e cumprimento das obrigações. Nesse caso sua principal tarefa é realizar a cobrança das obrigações em nível federal.

O principal imposto e bastante conhecido dos brasileiros é o IR ou Imposto de Renda, sob total responsabilidade do Governo Federal. Conheça alguns impostos e tributos federais:

  • PIS/PASEP – Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público;
  • FGST – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço;
  • INSS – Instituto Nacional do Seguro Social;
  • COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física;
  • IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • II – Imposto de Importação.

Tributos estaduais e o fisco

Nessa modalidade de tributo, o responsável pela cobrança e fiscalização é o estado. Portanto, se uma empresa está registrada no estado de São Paulo, esse governo estadual está incumbido de fiscalizar o recolhimento dessa empresa.

Conheça os principais impostos da esfera estadual:

  • ITCMD – Imposto Sobre Transmissão Causa Mortis e Doação;
  • ICMS – Imposto Sobre Circulação de Mercadorias;
  • IPVA – Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

Tributos municipais e o fisco

Finalmente temos a esfera municipal, onde o responsável por fiscalizar e cobrar os impostos é o município. Caso sua empresa esteja registrada no município, você deve satisfação sobre os pagamentos e adequações fiscais obrigatórias.

Veja os principais impostos municipais:

  • IPTU – Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana;
  • ISS – Imposto Sobre Serviços;
  • ITBI – Imposto Sobre Transmissão de Bens Inter Vivos.

Como administrar o pagamento adequado de todos os impostos

Que o Brasil é campeão de impostos todos sabemos, mas o que mais é sentido na prática é a alta burocracia. Até mesmo no pagamento dos altos impostos o empreendedor deve atender diferentes exigências, a fim de conseguir quitar suas guias.

Sendo assim, sem a ajuda de profissionais capacitados ou mesmo uma gestão contábil, a empresa corre grandes riscos.

Além de pagar a mais do que é necessário, pois via de regra, o empreendedor está em desconformidade com seu regime tributário, a empresa corre o risco de omitir o pagamento de determinadas guias e isso se caracteriza como sonegação de imposto, a famosa sonegação fiscal.

Sem contar as multas e juros que incidem diretamente nos impostos, aumentando ainda mais os tributos pagos. Apesar da grande exigência para as empresas o e-Social veio para amenizar algumas dessas etapas na transmissão de dados, já abordamos aqui no blog é só conferir.

Veja uma dica de ouro para estar correto diante às obrigações

Aqui vai uma dica de ouro para aprimorar sua gestão contábil, a fim de colocar a empresa no eixo. Indiferente ao enquadramento dos tributos, ou seja, federal, estadual e municipal, temos a solução.

Que tal implementar a automatização do cumprimento fiscal obrigatório com uma solução moderna e eficaz? Tenha todas as obrigações atualizadas para não perder nenhum prazo, pois sabemos que são constantes as alterações tributárias.

Quando a gestão possui as informações integradas e centralizadas em um único fluxo, fica mais fácil tomar as decisões baseadas em um quadro real do momento em que a empresa está passando.

O conceito Fisco é apenas um termo, mas que representa uma grande responsabilidade para sua empresa. Esperamos ter esclarecido um pouco mais esse aspecto e mostrado que com empenho é possível sim, adequar-se de forma ímpar!



Cadastre-se na Newsletter: