Blog

O que é indústria 4.0 e o futuro das empresas?

indústria-4.0

Esse termo foi originado do que é conhecido hoje, como a quarta revolução industrial, e está cada dia mais próximo de se tornar realidade. Conhecer a fundo o que é indústria 4.0 vai ser o diferencial na hora de engajar essa revolução.

Esse é um conceito recente, mas que promete revolucionar a forma como os processos industriais são realizados. Portanto, é comum o desconhecimento das pessoas e principalmente dos empreendedores que lidam com fatores tecnológicos em suas empresa diariamente.

Quer saber exatamente o que é indústria 4.0 e o que ela representa para as empresas num futuro próximo? Fique por aqui e acompanhe esse material informativo e completo sobre a revolução tecnológica que se forma no horizonte. Confira!

O que é indústria 4.0 e suas principais características?

Assim como em todas as outras revoluções, onde houve uma descoberta imprescindível para que tudo se sucedesse, acontece aqui. Em outras palavras, diante a tomada da tecnologia no dia a dia do ser humano em todos os ângulos possíveis, é que se forma a possibilidade da indústria 4.0.

Conceito apresentado e gerado pelo governo alemão, com base na atualização e aprimoramento das tecnologias implementadas nos modelos de empresas tecnológicas atuais.

A ideia é realizar a informatização dos processos, para que assim, haja a possibilidade de se criar uma empresa independente e inteligente. A independência é no sentido de que ela mesmo se gere, por meio de tecnologias imersivas e com inteligência artificial de ponta.

A questão da inteligência em si, fica por conta do foco na velocidade e integração de recursos, máquinas, sistemas e ativos. Dessa maneira, a empresa desenvolve um ambiente com redes inteligentes.

De forma autônoma, esses sistemas serão capazes de detectar problemas, agendar manutenções e realizar manobras, a fim de que os planejamentos sejam cumpridos, mesmo que não tenham sido elaborados no início da criação das estratégias.

Veja a seguir quais os princípios utilizados para o desenvolvimento das diretrizes da indústria 4.0!

A indústria 4.0 e sua base de desenvolvimento

o que é indústria 4.0

Especialistas estimam que em poucos anos, presenciaremos o desenvolvimento completo dos sistemas de produção com inteligência artificial avançada.

Para agilizar esse processo e trazer a indústria 4.0 em sua teoria, para as empresas, é necessário se atentar a alguns princípios importantes para a implementação.

Eficiência no processamento das informações

A tomada de decisão pelas empresas atuantes no modelo de indústria 4.0, será mais assertiva e direta. Isso porque, a capacidade de processamento de dados e informações, assim que forem recebidos, deverá ser instantâneo e em tempo real

Autonomia e descentralização

Se hoje o processo que envolve a produção, necessita de intervenção para ser ajustado quanto às necessidades e demandas, com a indústria 4.0 isso muda. O próprio sistema avançado realizará os ajustes requeridos para solucionar as necessidades.

O ganho com isso é a descentralização dos módulos de operação fabril, pois os sistemas mostrarão relatórios e apontarão dados sobre sua ação produtiva. A empresa terá então, processos otimizados sem a necessidade de intervenção de um gestor, por exemplo.

Ampliar os fatores virtuais

É importante salientar, que mesmo com a autonomia apurada dos processos, será possível rastrear cada um desses processos e dados. A indústria 4.0 cogita a implementação de cópias virtuais dessas super-empresas, com sensores espalhados ao longo da mesma.

Para compreender melhor podemos associar esses sensores e cópias virtuais, às simulações que já ocorrem atualmente dentro das empresas, a fim de coletar e gerir dados importantes.

Fundamentos da indústria 4.0

Acima você viu os princípios básicos exigidos para que uma empresa comece a pensar na implementação da indústria 4.0. Entretanto, existem alguns avanços importantes na área da tecnologia da informação e da engenharia, que podem agilizar ainda mais a chegada da revolução industrial 4.0. Veja as mais importantes!

A base principal é a segurança

Um dos pontos mais importantes e que certamente, pode atrasar ou mesmo colocar em risco a implementação da indústria 4.0, é a segurança. Os sistemas de informações devem se apresentar de forma sólida e impenetrável.

Será preciso focar na transmissão de dados entre as máquinas do processo e garantir a comunicação constante e sem interrupções. Caso haja retrocessos, os processos podem ser atrasados e a empresa falta em conectividade, que é a base da nova industrialização.

Estruturas de dados ou Big Data Analytics

Para comportar essa grandeza de informações e processos complexos, será preciso contar com a ajuda de uma Big Data Analytics. Por sua vez, são infraestruturas de dados massivas e complexas que gerenciam, capturam e analisam enormes quantidades de informações.

Essa tecnologia deverá estar atrelada aos princípios da indústria 4.0 e possui aspectos que lidam com as informações. Constituída em “6Cs” temos:

  • Conexão à uma rede industrial com sensores e controlador lógico programável;
  • Cyber-físico relacionado ao modelo e à memória, presentes na Internet das Coisas;
  • Cloud Computing com serviços de nuvem e pacotes de dados por demanda;
  • Compartilhamento das informações com a Comunidade empresarial;
  • Conteúdo;
  • Customização.

IoT – Internet of Things (Internet das Coisas)

Esse termo é bastante difundido atualmente, pois é apenas uma questão de tempo para que se torne realidade. A Internet das Coisas se baseia na possibilidade de conexão entre equipamentos, objetos físicos e máquinas, por exemplo, por meio de tecnologia integrada a cada um desses itens.

Esses sistemas Cyber-físicos, como são chamados, serão a base de toda a operação da indústria 4.0. Imagine um ambiente onde tudo está conectado e o gestor receba os dados pertinentes à operação na palma da mão, mas pouco tenha que ajustar nos processos, esse é o objetivo de tanta mudança.

Como a indústria 4.0 vai transformar e impactar as empresas?

Com tudo visto até agora, podemos assumir sem sombra de dúvidas, que as empresas serão remodeladas e impactadas diretamente pela indústria 4.0. Porém, existe uma esfera que sofrerá maiores transformações, é o mercado como conhecemos.

Essa revolução vai agir e intensificar um ponto já presente em nosso mercado consumidor, a customização dos produtos e serviços. Afinal de contas, cada dia mais, vemos clientes em busca de experiências únicas e modeladas para seu perfil.

Sendo assim, toda aquela integração entre máquinas e sistemas inteligentes, citado logo acima, fará toda a diferença. Os processos serão realizados já no formato que o cliente precisa e busca, garantindo a realização de suas predileções.

Outro ponto alcançado e modificado pela indústria 4.0, será a questão da segurança nas Tecnologias da Informação (TI), solidez na transmissão entre máquinas e o fator de fiabilidade da produção desempenhada.

Mas acredita-se que a maior adaptação será por parte dos profissionais presentes em toda essa revolução. A indústria 4.0 tende a substituir a mão de obra humana por processos automatizados, caberá aos profissionais acompanhar tudo isso.

Esse é um tema relativamente novo, porém, profundo e complexo. Desse modo, esperamos ter mostrado um pouco sobre o que é a indústria 4.0, suas principais características e como ela vai mudar o mundo como conhecemos.



Cadastre-se na Newsletter: