Blog

Entenda o valor de manter a gestão financeira sob controle

gestão-financeira

Quem nunca sonhou em abrir um negócio próprio ou mesmo alcançar o patamar de grandes empresas, não é mesmo? Agora imagine o número de empreendedores que se aventuraram e acabaram decepcionados? Um dos principais motivos para isso é o foco do nosso conteúdo, estamos falando da gestão financeira.

Se você sonha em se tornar empreendedor, saiba que conhecer o conceito de gestão financeira é necessidade capital. Claro, tudo funciona como uma grande máquina e o controle financeiro é uma das mais importantes engrenagens.

Nesse conteúdo vamos trazer um pouco mais da importância de controlar a gestão financeira. Além disso, por meio de alguns benefícios esclarecedores será difícil ignorar o peso que esse controle tem para o crescimento do negócio. Confira!

O que é controlar a gestão financeira da empresa?

Podemos entender a gestão financeira de forma simplificada e direta, como sendo um conjunto de decisões e ações empregadas por uma empresa, com o intuito de ampliar o controle dos aspectos financeiros, melhorar definitivamente os resultados e elevar o valor patrimonial do negócio.

Na teoria pode ser simples, mas saiba que esse é um dos fatores que mais influencia na gestão empresarial. Inclusive, é uma das razões que ajuda a reforçar um fato alarmante.

O Brasil está entre os países emergentes que possuem mais empresas endividadas. Esses dados são advindos de uma pesquisa realizada pelo FMI (Fundo Monetário Internacional).

Quando a empresa efetua o controle financeiro adequado ela consegue definir questões bem básicas, porém essenciais para a fluidez dos negócios. Sendo assim, além de entender a melhor forma de investir, reconhecer as despesas e gastos, é possível ainda:

  • Estipular os benefícios e salários dos colaboradores;
  • Conhecer com autoridade os custos operacionais;
  • Compreender quais produtos mais vendem e quais menos vendem;
  • Elaborar o melhor planejamento orçamentário para o seu negócio;
  • Evidenciar e gerir as contas a pagar e receber.

Isto posto, já é possível olhar com outros olhos para a gestão financeira, não é mesmo? Mas você sabia que um dos maiores problemas e que age negativamente na gestão do dinheiro da empresa, é justamente através de uma ação aplicada pelo próprio empreendedor?

Via de regra, esse problema está atrelado à falta de experiência! Se ficou curioso, continue acompanhado a leitura!

Principal erro que compromete a gestão do controle do dinheiro

Certamente se você já foi empreendedor, sabe que existe uma tênue linha entre as finanças pessoais e empresariais. Em outras palavras, a grande fatia de empreendedores mistura e utiliza indiscriminadamente os recursos da empresa com seu próprio dinheiro.

Quando esse cenário se concretiza, pode apostar, nada de positivo é alcançado. Se nesse cenário não houver planejamento e controle financeiro então, o caos pode dominar a gestão financeira, e a partir daí pode ser apenas ladeira abaixo.

Isso porque, quando ocorre a desorganização e consequente mistura das finanças, a empresa começa a perder sua saúde financeira. Claro, ninguém deseja colocar seu negócio em risco e isso é ocasionado pela falta de experiência, mas também pela falta de ferramentas.

Descubra a seguir alguns benefícios que sua empresa alcança no momento em que desenvolve um plano de contenção aliado ao controle da gestão financeira. Confira!

Está com a gestão financeira sob controle? Conheça 5 benefícios que se aproximam

importância da gestão financeira

Agora, se você já começou a trilhar um caminho com raízes fincadas nas boas práticas empresariais e tem a gestão das finanças sob controle, é hora de conhecer o que te aguarda logo à frente. Acompanhe!

1 – Gestão suavizada e tomada de decisão aprimorada

O primeiro bom sinal é ao perceber que as coisas estão fluindo e a empresa estiver com as contas todas pagas. Pode ter certeza, esse é o primeiro sinal que a gestão financeira está sob controle e os investimentos estão sendo geridos de maneira funcional e prática.

Sem a famosa “corda no pescoço” a gestão desempenha um trabalho mais conciso, no sentido de que há margem para o trabalho. Tranquilidade é sinônimo de amplo espaço para decidir e planejar as melhores soluções.

2 – Estipule com precisão o corte de gastos

Já pensou olhar para um relatório e ser capaz de apontar com assertividade quais custos devem ser cortados? Sem oscilação ou mesmo dúvida, a empresa consegue estipular a necessidade de redução ou mesmo cortes de gastos, caso seja necessário.

Com a visão completa de tudo que a empresa despende mensalmente é simples identificar gargalos criados pelo desperdício de recursos. Estanque de imediato o escoamento de recursos fundamentais para a manutenção e crescimento do negócio.

3 – Se antecipe às oscilações do mercado

Vale ressaltar que não existe fórmula mágica ou qualquer outro aparato que te forneça um vislumbre do futuro. Por outro lado, o controle da gestão financeira te permite sim, adquirir informações relevantes para escolher o trajeto com menos obstáculos.

Elaborar e executar planejamentos e objetivos sejam eles de curto, médio ou longo prazo, se torna mais simplificado. Realize a cobertura do que é essencial para efetivar as metas e alcançar os objetivos reais.

4 – Tenha em mãos os números de ROI e ganhe em planejamento

Ao realizar um investimento a empresa receberá um retorno por aquele dinheiro investido. Seja um retorno positivo ou negativo, o ROI (Retorno sobre Investimentos) terá participação nas ações futuras.

No entanto, muitas empresas jogam com a sorte, pois como determinar um investimento se não houver planejamento? Em contrapartida, quando o negócio possui um controle da gestão financeira é possível definir a margem de risco que determinado investimento apresenta.

Assim sendo, a gestão ganha em discernimento do que é válido aplicar o dinheiro ou não.

5 – Evidencia a necessidade de contratações ou demissões

Sua demanda aumentou e você precisa de mais colaboradores para suprir à demanda e agora, consigo arcar com os custos de contratações? Em outro cenário sua empresa viu a demanda se esvair, mas ainda assim possui todos os colaboradores que outrora compunham as demandas.

E agora? Consigo arcar com os custos de demissões e rescisões de contratos? Essas respostas são alcançadas com uma gestão financeira controlada. Conheça com exatidão qual a janela de possibilidade que o RH possui para trabalhar nesses aspectos.

Afinal de contas, demissões e contratações compõem o dia a dia das empresas.

Como uma dica para finalizarmos o conteúdo, temos uma solução que irá facilmente te auxiliar no controle do dinheiro da sua empresa.

Ao implementar um software avançado, sua empresa além de se precaver contra os problemas que apresentamos aqui, ainda conta com os benefícios vistos acima e mais, ganha a possibilidade de almejar a escalabilidade empresarial.

Onde você encontra tal solução completa? Apenas por meio de uma empresa que sabe o que um negócio precisa para crescer e acima de tudo, para controlar suas finanças.

Entenda que o controle da gestão financeira é a chave principal para abrir as portas que o empreendedorismo oferece!



Cadastre-se na Newsletter: