Blog

Como aumentar a receita do seu negócio sem a redução de custos em 6 passos

Quando o assunto é empreendedorismo observamos desafios constantes aos empresários. Um desses desafios é justamente o foco do nosso artigo. Estamos falando da busca diária para aumentar a receita de um negócio.

Diante as dificuldades impostas pela situação financeira do país muitos empreendedores acreditam existir apenas um caminho para realizar tal feito. O mais comum é realizar a redução de custos, a fim de ampliar as margens da receita.

Contudo, reunimos 6 passos que provam ser possível aumentar a receita de um negócio, mas sem optar pela redução de custos. Ficou interessado? Então não deixe de acompanhar e saiba como implementar ainda hoje esses direcionamentos!

Qual motivo leva a optar por não reduzir custos

Assumindo que a redução de custos influencia pesadamente em praticamente todos os aspectos da empresa, concluímos se tratar de uma estratégia frágil e insustentável.

Isso porque, se para aumentar o faturamento for preciso cortar alguns gastos, esses cortes serão atribuídos a importantes partes da empresa. Como reduzir a quantidade de matéria-prima, recursos humanos e de estrutura, por exemplo, e esperar por crescimento?

O negócio pode ficar ainda mais suscetível ao não crescimento e possível definhamento financeiro. Afinal, se você reduz sua matéria-prima, certamente você produzirá menos e, por consequente, venderá menos e isso não é aumentar a receita.

Para explicar na prática separamos 6 passos que mostram ser possível fomentar o crescimento da receita, confira a seguir!

6 passos para aumentar a receita do seu negócio

como aumentar a receita do negócio

1 – Fator produtividade

Um dos maiores gargalos encontrado nas empresas é justamente sua atividade mais importante, isto é, a produtividade. Nem sempre grandes margens de produtividade representam qualidade e garantem a satisfação do cliente.

É primordial realizar a revisão de toda a cadeia produtiva, a fim de estipular a qualidade do processo como um todo. Além disso, é o momento para determinar se os resultados representam as expectativas do negócio.

2 – Fiscalizar periodicamente os valores atuais

Certamente você já viu algum empreendedor baixar os preços dos produtos de maneira descuidada e sem planejamento, não é mesmo? Entretanto, isso representa sérios riscos e pode comprometer a receita do negócio.

Uma das melhores formas de aumentar a receita é valorizar aquilo que sua empresa oferece, seja um produto ou serviço. Você comercializa produtos automotivos? Disponibilize combos, os quais podem agregar ainda mais às vendas.

O cliente comprou um conjunto de rodas novas? Ofereça melhores condições ou mesmo um alinhamento gratuito. São ações como essas que agregam mais à marca e fomentam a ampliação da receita.

3 – Manter níveis saudáveis de estoque

O estoque é um setor que demanda atenção redobrada, pois representa um grande gargalo quando não administrado da maneira correta. Desse modo, caso haja excesso de matéria-prima, por exemplo, há um desperdício de importantes recursos parados.

Além disso, níveis baixos de estoque podem representar falta de recursos para a produção. Portanto, é fundamental estimular níveis saudáveis, os quais representem a realidade daquilo que a empresa produz e vende.

4 – Trabalhar as vendas com inteligência

Se existe uma forma clara de aumentar a receita é por meio da alavancagem das vendas. Mas como nada é tão simples no mundo dos negócios aumentar as vendas por ser trabalhoso e exige processos mais enxutos e maior conhecimento acerca dos clientes.

É preciso compreender que cada cliente possui suas particularidades e demandas e, portanto, as abordagens devem ser diferentes. Por isso é recomendado trabalhar diferentes canais de vendas, a fim de ampliar o número de clientes atendidos.

Dentre esses canais há alguns que se destacam como: venda de porta em porta, varejo, atacado, bem como por meio de catálogos. Além desses canais é necessário aumentar o ticket médio dessas vendas. Veja como desenvolver essa estratégia:

  •       Oferecer gratuidade no frete mediante certas quantias;
  •       Disponibilizar a exclusividade de produtos de edição limitada;
  •       Desenvolver pacotes de serviços ou produtos;
  •       Trabalhar promoções periódicas e planejadas;
  •       Estruturar alteração no preço dos produtos.

5 – Estimular o pós-venda positivo

Abordamos recentemente como melhorar a retenção de clientes, e isso certamente influencia no aumento da receita. Afinal, todos sabemos que o investimento em novos consumidores gera maiores gastos do que a retenção dos fidelizados.

O pós-venda pode garantir maior satisfação dos clientes, ao passo que auxilia na obtenção de melhores resultados para o consumidor. Por sua vez, o cliente satisfeito concede maiores chances de comprar novamente de você.

6 – Implementar ferramentas adequadas

Embora os passos anteriores surtam efeito de maneira individual, existe um aspecto que une todas as arestas. Desse modo, como última dica, sugerimos a implementação de um sistema de gestão empresarial.

Por meio de um software avançado é viável:

  •      Monitorar a produtividade;
  •      Fiscalizar a precificação, a fim de agregar ainda mais para seus produtos;
  •      Controlar com eficiência o estoque;
  •      Estimular um pós-venda eficaz;
  •      Assegurar maior integração entre os setores.

Esse sistema é o diferencial que irá te ajudar com a receita do seu negócio. Afinal, ele disponibiliza à gestão, informações mais seguras e com caráter mais real.

Aumentar a receita não precisa necessariamente de redução de custos, é necessário apenas maior vigilância em busca de processos mais enxutos e certeiros!