Blog

Como agregar valor ao seu produto ou negócio?

como-agregar-valor-ao-seu-produto-ou-negocio

Em meio a um mercado competitivo e implacável, se destacar da concorrência é o que a maioria procura. Sendo assim, é necessário que primeiramente você agregue valor à marca, mas como agregar valor ao seu produto ou negócio?

Não se desespere, pois desenvolvemos esse conteúdo para que seja capaz de direcionar e agregar o valor desejado à sua marca. Afinal, só prospera e se destaca, quem consegue enxergar oportunidades onde a maioria se lamenta.

Uma coisa é certa, mesmo em tempo de crise sempre tem alguém se dando bem e levantando seu negócio, você sabe por que? Provavelmente porque aquele empreendedor determinou que não aceitaria aquela situação e buscou valorizar sua marca.

Se quiser fazer o mesmo pelo seu negócio, aprenda como agregar valor ao seu produto ou negócio logo a seguir. Confira como empregar simples ações e pensamentos positivos, assim você transmite a ideia de uma marca sólida e de confiança para seus clientes!

O que você ganha ao agregar valor ao seu produto?

Assim como citado acima, a crise não vem para todos e alguns poucos conseguem utilizar essa situação em seu favor. Dessa forma, ao buscar por maneiras de trazer mais valor e reconhecimento à marca você ganha espaço e destaque.

Você é capaz de mostrar para seus clientes como seu produto ou serviço, vale o preço que ele custa. Mas para realizar esse feito é necessário antes de mais nada, definir como seu produto atende as deficiências do setor e do mercado.

Investir em soluções para resolver pontos críticos para seu público, é o que precisa para começar a atrair a atenção. Assim, você consegue transmitir uma experiência mais aprimorada do que a concorrência, que continua a reclamar da situação.

Como agregar valor ao seu produto ou negócio?  Saiba que o mesmo conceito se aplica aos serviços e você descobre agora!

O mesmo vale para os serviços?

Sem dúvidas, enquanto seu negócio define como o produto vai ajudar os clientes, seus serviços são valorizados. Deste modo, o mercado fica suscetível a receber seus serviços, o que abre margem para investir pesado nesse aspecto.

Quanto maior é o valor agregado a um serviço, maior é a lucratividade do mesmo. Em outras palavras, o mercado responde à credibilidade e confiança transmitidas e isso gera maior percepção dos produtos ou serviços ofertados.

Mas, afinal, como agregar valor ao seu produto ou serviço de maneira adequada e orgânica, a fim de conseguir alcançar a fatia do mercado correspondente ao que oferece? Descubra logo a seguir!

Como agregar valor ao seu produto ou negócio? Descubra 5 dicas úteis

como agregar valor ao seu produto ou negócio

Se procurar por aí certamente vai encontrar centenas de dicas e maneiras, mas será que são todas benéficas para seu negócio? Para não correr esse risco, apresentamos as 5 dicas que julgamos ser as mais certeiras e completas para você, confira!

1 – Como seu cliente enxerga sua marca?

Esse é o ponto mais crucial para determinar o montante de valor agregado ao seu produto, portanto começamos com ele. Certamente para que agregue valor real, é preciso determinar como seu cliente e público enxerga sua marca, serviço ou produto.

Como você faz isso? Simples! Antes de mais nada você precisa definir como quer que sua marca seja vista. Ao desenvolver a percepção do público, você deve agir na composição de sua opinião e influenciar sua decisão de compra em favor do que oferece.

Nesse ponto se faz fundamental a boa comunicação com o cliente, pois assim você passa todas as informações acerca dos seus serviços, por exemplo.

2 – Agora é hora de agregar valor

Já que apresentou as principais características dos seus produtos e serviços, também já definiu o valor dos mesmos. Agora é hora de mostrar como ele vai atender as necessidades e solucionar os problemas do seu público.

Por meio de uma pesquisa simples você adquire essas informações e acima de tudo, desperta a curiosidade e interesse do cliente. Todavia, não se esqueça de conhecer a posição do concorrente e como ele oferece serviços e atende esse mesmo público.

3 – Deixe as características de lado e enfatize os benefícios

Quando você sai para comprar um aparelho de som, um Home Theater, por exemplo, você quer saber das especificações técnicas como quantas saídas de som tem ou a forma como o cabeamento deverá ser feito?

É muito provável que assim como a maioria, você deseja saber como ele vai te proporcionar o melhor som e trazer qualidade e conforto, não é mesmo? É dessa forma que você precisa oferecer seus serviços e produtos.

Não citar como ele foi desenvolvido ou informações técnicas, mas sim como ele realmente vai ajudar no que o cliente necessita. Isso é agregar valor!

4 – Construa argumentos sólidos

Ao invés de ficar apenas elogiando seu produto, tenha argumentos prontos para mostrar como ele vai saciar a necessidade da compra. Se estiver vendendo um processador de alimentos, por exemplo, pule a parte em que fala que ele é bonito, feito de inox ou como brilha.

Mostre como ele vai de fato, processar o alimento de maneira eficiente e trazer maior segurança ao seu uso. O mesmo vale para seus serviços, não enfeite o que ele é apenas mostre sua capacidade de solucionar.

5 – Conhece seu público-alvo?

Como agregar valor ao seu produto ou negócio, sendo que você não sabe nem para quem vender? Resumindo, você precisa conhecer profundamente seu público-alvo e manter uma relação próxima com eles.

Dessa forma, por meio de pesquisas específicas você é capaz de determinar qual o melhor caminho até seu público e acima de tudo, possíveis clientes. Agregar valor exige uma campanha desenvolvida de maneira consciente e focada.

Isso porque, sempre haverá custos envolvidos na tentativa de aperfeiçoar a percepção do cliente. Ou seja, quanto mais assertiva é a ação tomada, menos custos e mais lucratividade sua empresa será capaz de alcançar.

Como agregar valor ao seu produto ou negócio? Esperamos que já seja capaz de responder essa pergunta, pois ela é muito importante para o seu negócio!



Cadastre-se na Newsletter: